Whap Soluções Web

Front-End, Back-End e Full-Stack
quais suas diferenças?

foto retirada de: alura.com.br

Front-End

O Front-end está muito relacionado com a interface gráfica do projeto. Ou seja, é onde se desenvolve a aplicação com a qual o usuário irá interagir diretamente, seja em softwares, sites, aplicativos, etc. Portanto, é essencial que o desenvolvedor tenha uma preocupação com a experiência do usuário.

Dev front-end é um termo muito utilizado para identificar profissionais que se especializaram especificamente nessa área. Além disso, apesar de envolver a interface do projeto, o programador front-end não é formado em design. A diferença entre os dois é que o desenvolvedor não desenha visualmente a interface.

Na verdade, no desenvolvimento front-end, o profissional irá mexer com o código em si, projetando com quais ferramentas o usuário irá interagir. Por esse motivo, é importante ter essa diferença em mente quando falamos sobre o assunto.

foto retirade de: becode.com.br

Back-End

O back end é a parte traseira da computação, ou seja, o código. Aquilo que o usuário não vê, mas que sem ele a interface não teria qualquer funcionalidade. Sendo assim, o desenvolvedor back end trabalha com a regra de negócio e utiliza linguagens específicas como Go, PHP, Java ou Ruby.

Um profissional back end completo precisa também conhecer profundamente o funcionamento de algum banco de dados, como MySQL ou PostgreSQL, sendo escolhido geralmente aquele que ofereça mais recursos para a linguagem utilizada.

desenvolvedor back end trabalha com o lado servidor da aplicação, sendo o responsável por tudo o que acontece por trás da tela. Ele é o responsável por desenvolver os códigos que passarão as instruções para a aplicação, para que os usuários possam acessar a interface e cumprir as solicitações desejadas.

Além disso, é sua função também testar as aplicações antes de disponibilizá-las ao público, e manter o código sempre atualizado e funcional. Também deve saber criar e alimentar o banco de dados e cuidar de sua manutenção periódica.

O que o Full-Stack faz?

O desenvolvedor full stack é capaz de trabalhar com toda a pilha de desenvolvimento de um projeto. Além de conseguir atuar com o font-end e o back-end, esse profissional também pode contribuir em todas as etapas e partes de um sistema, como o servidor e o banco de dados.

Um dos principais diferenciais para os desenvolvedores full stack é conseguir trabalhar também com desenvolvimento mobile, já que essa área está cada vez mais presente nas empresas — principalmente em startups. Em muitos casos, esse conhecimento é uma vantagem competitiva expressiva para o profissional.

Além de desenvolver as funcionalidades dos sistemas, em algumas organizações, o desenvolvedor full stack é responsável por levantar os requisitos junto aos clientes. Então, também é importante que ele consiga compreender as regras do negócio no qual o projeto está inserido, identificando as demandas e necessidades.

Após definir o que precisa ser feito, esse profissional deve iniciar o desenvolvimento da solução. Algumas empresas também têm equipes que são especializadas em determinado setor. No entanto, isso não impede que o desenvolvedor full stack saiba o que acontece ali e seja capaz de participar dos processos e trabalhar em conjunto.

Agora que você aprendeu o que front-end, back-end e até full-stack venha para a Whap nossos serviços de criação de site vão poder te mostrar como é bom ter seu próprio site da sua loja, seja para aprimorar a experiência do usuário, otimizar a eficiência do Back-end ou explorar o Full Stack, nossa equipe está pronta para transformar suas ideias em realidade. Entre em Contato!.

Referências utilizadas:
  1. alura.com.br, becode.com.br, ctrlplay.com.br

Rolar para cima
Abrir bate-papo
1
Escanear o código
Oi, posso ajudar a resolver seus problemas?